Skip to main content

Autoestima baixa no sexo e no relacionamento

O que fazer para melhorar a autoestima e ter uma vida mais feliz.

Estamos no século XXI, a era da informação e da comunicação. E toda essa tecnologia e conectividade tanto nos ajuda como nos atrapalha. A internet nos proporciona a proximidade com o mundo, família e amigos, porém ela também nos oferece uma visão distorcida do mundo real. O excesso de informação e conteúdo deixa inseguro qualquer um que se propõe a viver e a seguir os padrões online. Porém nem tudo o que é publicado é real, o que faz com que esses objetivos ou sonhos sejam inatingíveis como, por exemplo, os padrões de status, de beleza, ou o relacionamento perfeito. O que nos leva ao grande problema da sociedade contemporânea: a baixa autoestima.

O que é autoestima?

Autoestima é uma avaliação positiva ou negativa de si mesmo. Quando estamos bem com o próprio corpo, realização pessoal, profissional, relacionamento estável e feliz, geralmente a autoestima está elevada, temos boa autoestima. Porém, se a autoestima está baixa, as crises de depressão, estresse, ansiedade, não aceitação da própria vida e do corpo são recorrentes.

Estamos cercados por cobranças comportamentais, profissionais ou padrões de beleza e, infelizmente, nos acostumamos a essa realidade, porém nos faz muito mal. Todas as nossas crenças, tabus e ensinamentos que recebemos durante a vida estão relacionados com a autoestima. Somos influenciados a todo o momento por forças externas.

Autoestima no relacionamento

A baixa autoestima na relação está diretamente relacionada ao modo como nos enxergamos como indivíduo no mundo e dentro da relação. Se o parceiro tem um salário maior, ou é mais bonito, ou tem mais experiência sexual, pode comprometer o lado mais fraco na relação e acabar criando atritos conjugais ou desentendimentos mais sérios.

É importante que ambos tenham clareza da situação e conversem sobre como melhorar a autoestima do parceiro, ter compreensão e sinceridade. Além, é claro, de muita confiança nas duas partes!

Autoestima no sexo

A autoestima envolve o fator se gostar ou se aceitar, portanto ela afeta a sua vida sexual ou a sexualidade de forma drástica. Como? A não aceitação do próprio corpo provoca insegurança ao lado do parceiro, o que prejudica até no prazer do casal.

A autoestima é a chave para uma boa vida sexual, prazerosa e recompensadora. Portanto os conceitos errados sobre quem é e o próprio corpo não devem existir, não podem se tornar obstáculos para o prazer.

Homens: as mulheres não estão preocupadas com o tamanho do pênis ou com desempenho sexual, elas querem mais preliminares e compreensão com o corpo feminino. Dessa forma você vai ajudá-la a alcançar o orgasmo e ambos ficarão felizes e satisfeitos.

Mulheres: homens não reparam em celulites, estrias ou gordurinhas localizadas. Eles querem viver a paixão do momento com entusiasmo e sem vergonha, que o sexo seja prazeroso e ambos sejam cúmplices na diversão. Faça uma dança sensual que você vai perceber!

Tenha atitudes para melhorar e aumentar a sua autoestima, se ame e se aceite, seja feliz com o seu corpo e com a sua realidade. A gratidão diária vai ajudar e muito a melhorar a qualidade de vida e a confiança em quem você é.

Passos para ajudar na melhora da autoestima

  1. Se olhe no espelho e admire a pessoa que você se tornou. Tenha orgulho!
  2. Aceite o seu corpo, com ou sem curvas. Ele é perfeito e lindo exatamente como foi feito e, pode ter certeza, tem muita gente de olho!
  3. Encontre os seus medos e inseguranças no sexo. Pense nas mudanças que você pode fazer para melhorar, tanto para você, como para o parceiro.
  4. Não acredite em tudo o que vê nas redes sociais. As pessoas não estão o tempo todo felizes, elas também têm problemas e inseguranças.
  5. Não se compare com outras pessoas! Você é único e especial. Então se ame!
  6. Elimine todas as culpas e pensamentos negativos do passado. Ele já foi e não voltará, portanto viva o hoje e se perdoe de verdade por tudo o que já passou.
  7. Seja sincero consigo mesmo. Aceite suas limitações, ajuste se necessário e siga em frente.
  8. Agradeça todos os dias e comemore a cada vitória, por menor que seja!
  9. Não tenha medo de ser amado! Acredite, aceite e corresponda.
  10. Sorria todos os dias mesmo sem motivo. Seja feliz!

Luciana Suet

Publicitária, marketeira, designer, fotógrafa, redatora, coach sexual e de relacionamento. É uma romântica incorrigível, que escreve por amor e para mudar vidas. Acredita que sexo bom é uma questão de escolha, sempre com diálogo aberto, desconstrução de tabus, sem bloqueios e plena liberdade!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *